HISTÓRIA DOS BAIRROS

27/01/2017

70 anos da Brasilândia

Na década de 40 alguns sítios e chácaras de cana de açúcar foram se transformando em núcleos residenciais na região da Freguesia do Ó e um deles veio formar o bairro de Vila Brasilândia.
Na época, um dos sitiantes, Brasílio Simões, vendeu o seu sítio, onde produzia a Caninha do Ó, para empresa loteadora que criaria ali o loteamento Brasilândia. Por isso, o comerciante teve o um derivado do seu nome empregado na denominação do bairro.
O contrato de compra e venda das terras, assinado em cartório, se deu em 24 de janeiro de 1947, data oficial do aniversário do bairro, que recebeu então grande contingente de migrantes do Nordeste do País, que fugia da seca em seus estados, a partir do final da década de 40, além de famílias vindas do interior do estado de S. Paulo, em busca de oportunidades de trabalho; e imigrantes de Portugal e Espanha que fugiam das ditaduras locais, além de outros povos da Europa, como os italianos.
A Brasilândia foi loteada em 1947, a partir de terras da família Brasílio, mas antes disso já havia gente morando por ali, eram os remanescentes dos sítios e chácaras; e de outro loteamento, o Itaberaba, que em certos trechos ocupa parte da Vila Brasilândia de hoje. Existia ainda a Olaria da família Brugnera e seus empregados.
Os terrenos vendidos do loteamento Brasilândia, embora não fossem dotados de qualquer infraestrutura, além de ruas em barro, eram adquiridos com grandes facilidades de pagamento, inclusive com a doação de tijolos para estimular a construção das casas.
Outro elemento incentivador da ocupação do bairro, na mesma época, foi a instalação da Pedreira Vega que oferecia moradia a seus empregados e trouxe, assim, um considerável número de famílias para a região.

Total de 190 Notícias | Página 1 de um total de 15

O bairro da Vila Palmeiras é peculiar na Freguesia do Ó, pois conseguiu manter-se como uma vila nos moldes antigos, onde ainda se vê muita gente nas ruas e tem um comércio de pequenas lojas.   leia mais...

Uma das melhores páginas regionais do Facebook é a que foi criada por Moizes Pires, a do Grupo de Memórias de Vila Palmeiras – que resgata fotos e fatos regionais deste bairro da Freguesia do Ó.   leia mais...

Tem quem pergunte por que a Av. Santa Marina tem dois pedaços sem nenhuma conexão, um na Água Branca, outro na Freguesia do Ó? Simplesmente porque se trata da mesma via, que foi separada quando da retificação do Rio Tietê e construção das Marginais nos anos 60.   leia mais...

O Largo da Matriz Velha foi testemunha de fato histórico: no dia 10 de abril de 1865, as primeiras tropas que lutaram na Guerra do Paraguai partiram dali rumo ao país vizinho. Esse episódio ficou marcado com a construção de um monumento, o chamado Marco da Pedra, em 1934. O original não existe mais.   leia mais...

A Igreja de Zinco, a Paróquia Santos Apóstolos, na Av. Itaberaba, 3907 - Jardim Maracanã, como todas as igrejas, foi construída pelo esforço coletivo da população. Vê-se na foto, um festejo, possivelmente inaugural, quando o templo ainda não tinha a cobertura de zinco que a tornou famosa (Célio Pires/ Freguesia News).   leia mais...

A Rua Parapuã é a via de ligação entre os bairros Itaberaba e Brasilândia, cujos loteamentos são de 1938 e 1947, respectivamente. A via é originária do loteamento Itaberaba, que só conseguiu ser melhor ocupado com o advento do loteamento Brasilândia.   leia mais...

Avenida Parada Pinto tem esse nome por um razão muito simples, em sua parte final, perto do Parque Horto Florestal, existiu uma parada do Trem da Cantareira, o famoso Trem das Onze do Adoniram Barbosa. Já essa Parada da foto ficava entre a do Tremembé e a do Horto Florestal.   leia mais...

Há 32 anos o Supermercado Cândia (em 7/11/1986) era inaugurado na Av. Itaberaba, 1863, depois se transformou no Big Supermercados, e por fim foi comprado pela rede Sonda, que está lá até hoje. Foi uma grande sensação no bairro e para toda a população das vilas próximas. Ajudou a impulsionar o comércio neste trecho da Av. Itaberaba e que até hoje se mantém.   leia mais...

O Mercado Municipal da Lapa fez aniversário em 24 de agosto, completando 64 anos de existência. Foi projetado e construído pela Prefeitura do Município de São Paulo.   leia mais...

A Freguesia do Ó fará, em 29/agosto/2018, 438 anos. Sempre teve a sua história centrada nos Largos da Matriz Velha e Nova e na própria igreja Matriz. O nome, Freguesia, quer dizer: moradores do entorno da igreja, uma história riquíssima e única.   leia mais...

As enchentes das várzeas do Tietê não são de agora, portanto, é falácia dizer que as enchentes de hoje é tudo culpa do povo por causa de lixo colocado nas ruas, é certo que isso ajuda, também, mas o problema é mais amplo, vide as enchentes do Rio Cabuçu, que está hoje canalizado sob a Av. Inajar de Souza, nesta foto de 1967 ou 1968.   leia mais...

Foi com a inauguração da estação da então São Paulo Railway Company, em 1º de fevereiro de 1885, é que Pirituba se firmou com posição destacada, graças a todos que acreditaram no seu futuro. Além da agricultura, os empresários também deram crédito ao nosso território.
O primeiro a instalar a sua indústria em Pirituba foi Domenico Campestrin, juntamente com seu sócio Henrique Booch, com a Fábrica de Colla Paulista no final de 1898.   leia mais...

Enquete

Você acredita que a presidenta Dilma:

  • 1) Irá reerguer a Petrobrás e o Brasil e continuar seu mandato?
  • 2) Não dá mais, deve sofrer o Impeachment.

1) Irá reerguer a Petrobrás e o Brasil e continuar seu mandato?

24%

2) Não dá mais, deve sofrer o Impeachment.

75%

Geral  |  Política  |  Esportes  |  Variedades  |   Cultura  |  Educação  |  Saúde  |  Roteiros do Ó
Varejão dos Imóveis  |  História dos Bairros  |  Culinária  |   Ecologia  |  Videos  |  Fale Conosco
LAPA NEWS  |  FOLHA DE PIRITUBA  |  FREGUESIA NEWS  |  ZONA NORTE NEWS

Freguesia News - Copyright © 2011. Todos os direitos reservados
Sede Própria: Largo da Matriz Velha, 36 - Freguesia do Ó - São Paulo | Pabx/Fax: (11) 3931 6383 | E-mail: freguesianews@gmail.com