Freguesia do Ó

Avenida da zona norte está tomada por barracas e medo

A avenida Inajar de Souza continua sendo o assunto mais comentado em nossa página, moradores procuraram a equipe de reportagem para mostrar a situação do local em outros pontos, disseram que nos últimos dias tem aumentado o número de barracas e moradores em situação de rua.

Preservando a segurança dos denunciantes, a página optou por não citar os nomes. Segundo moradores e comerciantes, aumentaram as ondas de assaltos que vem ocorrendo à qualquer hora do dia.

“Estão fazendo mais barracas em frente padaria Palmar, alt do nº 1.230 até próximo ao nº 736, e dias atrás não havia.”, comentou a moradora.

A situação começou a piorar nas vias transversais, como a Rua João Roberto Thut, no Limão, que está recebendo outros moradores com suas respectivas barracas. “É desesperador ver o crescimento dessas pessoas morando ali. Estamos em meio a uma crise humanitária, e a situação está ficando fora de controle”, afirmou o morador.

“Está muito perigoso, é preciso ação das autoridades, virou a nova cracolândia. São muitos assaltos e estão destruindo todo o canteiro, muita sujeira”, destacou um comerciante.
O local era antes ocupado por ciclistas e apaixonados por caminhadas ou corridas, mas hoje, o medo de andar pelo local, os afastaram das atividades. “Eu particularmente tenho medo de andar sozinha pela ciclovia, a coisa tá feia por aqui.

Reiteramos que a situação ali a solução não seria apenas retirá-los, é necessário um suporte da Prefeitura por meio das secretarias, para que sejam remanejados para abrigos e lugares adequados, de forma que traga dignidade para quem mora na rua como a volta do espaço aos munícipes e principalmente, a segurança de todos. (Fotos enviadas por moradores e reprodução Delegado da Cunha)

O caso foi encaminhado à Prefeitura de São Paulo, e aguardamos um posicionamento sobre as providências que serão tomadas.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo