FREGUESIA NEWS

08/06/2018

Os abusos nos postos de combustíveis

A população da região, assim como a de todo o Brasil, penou nestes dias de greve dos caminhoneiros, enfrentando filas e tendo problemas com combustíveis batizados nos postos, além de preços abusivos – muitas denúncias foram postadas na nossa página do Facebook.

O Procon, órgão que defende os interesses dos consumidores, recebeu só nos primeiros quatro dias da greve, 986 denúncias de prática abusiva de preços em postos de combustível do Estado de São Paulo. O órgão vai notificar as empresas e elas terão que apresentar documentação sobre o preço pago aos fornecedores. Após a análise da documentação, o posto poderá ser multado com base no seu faturamento. Sobre os postos citados nesta matéria por leitores ainda não temos a confirmação de que tenham sido notificados, de fato, ou denunciados oficialmente.A Agencia Nacional do Petróleo e Procon, agiram em conjunto na fiscalização de postos durante a greve. Um dos postos, o localizado na Rua Dr. Cesar, 330/ Santana, teve combustíveis recolhidos para análise, após denúncia – não se sabe se foi punido.

DENÚNCIAS DE LEITORES
O leitor Lucas Lima diz que abasteceu "essa gasolina" (foto) no posto em frente às Casas Pernambucanas, na Av. Itaberaba e garante que "era batizada" – o combustível mostrava coloração estranha. Muita gente reclamou deste posto na fanpage deste Jornal.

O leitor T.N.G. diz que no o Auto Posto Morro Grande – da Av. Miguel Conejo, Freguesia do Ó - tinha fila de carro rodando quarteirão e abastecia também carros do serviço público, mas... "Carros públicos foram abastecidos, assim como, carros de policiais, médicos e profissionais do Estado/ Prefeitura, porém, alguns destes levaram diversos galões dentro de seus carros e aproveitando-se da fila prioritária e deram "carteiradas" para encher o carro e os galões" – disse o leitor.

Valeu tudo na venda de gasolina. O posto do Jd. Iracema, no final da Av. Ministro Petrônio Portella, colocou um cartaz com um chamariz duvidoso: Gasolina a R$0,60, na realidade nem gasolina tinha. O morador Markinhos Meneghel informou que na verdade ali "não havia gasolina, só álcool" – mas as filas rodavam quarteirões, com muitas reclamações da qualidade dos combustíveis.

MAIS PROBLEMAS
A moradora Elaine Cristina disse que no posto BR da Rua Zilda, 515 – Casa Verde Alta, completou o tanque do seu carro com 38,86 litros de gasolina comum no dia 24/05 – "porém, antes não tivesse abastecido, em 26/05, meu carro parou no meio do viaduto Domingo de Morais, próximo ao Extra do Anhanguera".
Sobre o Posto da Av. Itaberaba, esquina com Rua Rui Blooem, Anderson Coelho diz: "Esse combustível daí não rende nada, o carro fica ruim demais para andar, abasteci duas vezes para nunca mais". Já Elizangela Ferdynand diz que o combustível ali não é bom: "Abasteci meu carro lá há umas duas semanas e no outro dia o carro não pegava de jeito nenhum e quando pegou estourava igual pipoca, voltei lá, tiraram o combustível..."

ELOGIOS
Mas teve elogios também: José Carlos Pinelo afirmou que "o melhor posto da região é o localizado ao lado do Cartório da Freguesia do Ó, na Av. João Paulo I. Combustível de qualidade". Evilar Silva concordou: "Abasteço lá há 35 anos nunca tive problemas". Outro posto elogiado foi o da Rua Javoraú, com o Largo do Clipper e os dois da Rede Papa, na Av. N.Sa. do Ó – "abasteci lá nos últimos dias da greve e a gasolina era de qualidade" – disse o editor, Célio Pires. E também o do Extra da Av. N.Sa. do Ó: José Carlos Pinelo: "Lá o os combustíveis são ótimos".

Total de 2144 Notícias | Página 1 de um total de 178

Caso você presencie maus-tratos a animais (domésticos, domesticados, silvestres ou exóticos), denuncie! Abandono, envenenamento, agressão, prisão constante em correntes muito curtas, manutenção em lugar anti-higiênico, mutilação, confinamento em espaço incompatível com o porte do animal ou em local sem iluminação e ventilação, rinhas e outras situações degradantes devem ser denunciadas em delegacias comuns ou nas especializadas em meio ambiente ou animais.   leia mais...

Regiane Sant’ana, empresaria da Freguesia do Ó diz que gostaria de alertar os empresários da nossa região.   leia mais...

1 - Várias característica arquitetônicas foram preservadas. Andar pelo centro histórico do bairro é recordar de tempos antigos.   leia mais...

A Cia FB de Dança, grupo formado na Vila Brasilândia, tem encantado o público por onde passa, provando que na periferia também se dança clássico. Katia Bernardes, coordenadora do grupo, registrou a apresentação no maior parque de diversão, o Hopi Hari.   leia mais...

Foi sancionada recentemente a pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), uma lei que proíbe os mototáxis de circularem na cidade de São Paulo. O projeto ainda proíbe o transporte de material inflamável, como gás de cozinha, em motocicletas e também os botijões de água. Mas, apesar da Lei o transporte irregular continua na Cidade.   leia mais...

Foram mais de 43 mil pessoas que escolheram votar em Sandra Santana, mas insuficientes para elegê-la deputada estadual. "Trabalhamos muito, ao longo desses 24 anos, ao lado do deputado Celino Cardoso, e lutamos muito para vencer essa campanha. Infelizmente, não foi a vontade do povo, nem a vontade de Deus.   leia mais...

A moradora Rute Mirian Santos faz alerta sobre um tal Grupo Sabemi Empréstimos e Seguros "que fez um seguro de vida no nome da minha mãe, sem o consentimento dela, sem ela ter assinado nada e não sabemos nem quem é o beneficiário (deve ser eles mesmos ) e estão descontando na aposentadoria dela..."   leia mais...

O bloco 100% Comunidade Iracema, que há quatro anos faz um carnaval social, arrecadando centenas de quilos de alimentos, e fazendo a alegria da comunidade do Jardim Iracema e vila Brasilândia é opção de carnaval de rua no bairro.   leia mais...

O horário de verão muda a rotina de todos e muita gente se irrita com isso. Passa-se a viver um fuso horário pequeno todo dia, como isso o período de sono muda e os hormônios ficam alterados. A tendência é o aumento do estresse e a tendência é se descontar na alimentação. Logo o sobrepeso vem.   leia mais...

No objetivo de valorizar, rever ou revelar grupos de dança, compositores, cantores e artistas em geral, com origem nos bairros da região Freguesia do Ó, entrevistamos mais um deste talentos, o artista plástico Lek, muralista (ou grafiteiro) e tatuador, conheça um pouco mais da sua arte:
Almir Rezende Pessoa é conhecido como Lek, artista plástico muralista, tem 46 anos e morou, muitos anos, na Freguesia do Ó, hoje reside próximo ao Parque da Agua Branca, onde tem um estúdio tatuagem (instagram@M   leia mais...

O trabalho de intermediação entre os problemas regionais e governo, feito pelo deputado Celino, por 24 anos, e que possivelmente não mais acontecerá com a não eleição da sua chefe de gabinete, Sandra Santana, no escritório político, que funciona na esquina da Avs. Santa Marina e Miguel Conejo – com atendimento de mais de 100 pessoas por dia – irá fazer falta à população.   leia mais...

Freguesia do Ó e Brasilândia são universos bem diferentes. Se na Vila Brasilândia, o petista Marinho ficou em primeiro lugar, na Freguesia do Ó ficou em quarto; e Dória que ficou em quarto na Brasilândia é o primeiro na Freguesia do Ó. Veja os mais votados na região.   leia mais...

Enquete

Você acredita que a presidenta Dilma:

  • 1) Irá reerguer a Petrobrás e o Brasil e continuar seu mandato?
  • 2) Não dá mais, deve sofrer o Impeachment.

1) Irá reerguer a Petrobrás e o Brasil e continuar seu mandato?

24%

2) Não dá mais, deve sofrer o Impeachment.

75%

Geral  |  Política  |  Esportes  |  Variedades  |   Cultura  |  Educação  |  Saúde  |  Roteiros do Ó
Varejão dos Imóveis  |  História dos Bairros  |  Culinária  |   Ecologia  |  Videos  |  Fale Conosco
LAPA NEWS  |  FOLHA DE PIRITUBA  |  FREGUESIA NEWS  |  ZONA NORTE NEWS

Freguesia News - Copyright © 2011. Todos os direitos reservados
Sede Própria: Largo da Matriz Velha, 36 - Freguesia do Ó - São Paulo | Pabx/Fax: (11) 3931 6383 | E-mail: freguesianews@gmail.com